segunda-feira, 24 de abril de 2017

Organizando as maquiagens - Parte 1

O que eu realmente gosto e preciso?


E aí, que no meu final de semana do feriado da Páscoa, resolvi finalmente organizar minhas maquiagens e finalizar a nova decoração da penteadeira. O que tentei fazer, foi mais uma otimização da área de trabalho e dos produtos que eu realmente gosto de usar. Por que fiz isso?

Porque eu comecei a me sentir um tanto sufocada com a bagunça dos produtos e a falta de ordem das coisas. Daí, inicialmente arrumei tudo pra deixar mais acessível, os produtos básicos do dia a dia. Do tipo: pra quê um pote grande com todos os pinceis de olhos, se posso e só preciso de um pote menor com os pinceis de olhos e face que estou usando no momento? Bem mais prático e saudável, porque assim evita de todos os pinceis sujarem ou pegarem poeira e aí gerar problemas de pele. 



Catalogando os batons: concretizando meu estilo e gosto...

Pra chegar à algumas conclusões sobre o que queria fazer com minha penteadeira e maquiagens, confesso que passei por uma espécie de "tratamento de choque". Assisti à vários vídeo de "tour pela minha coleção de maquiagem" de youtubers gringas e fiquei espantada com a quantidade de coisas que elas tinham e comecei a pensar nas minhas coisas. 

Resolvi que antes de desapegar, checaria cada item que eu tenho pra vê como e o quê realmente gosto. Foi aí que comprovei coisinhas básicas sobre meu estilo pessoal que estavam perdidas: amo batom escuro e já tenho uma boa e variada coleção de batons vinho e roxo. Não preciso de mais um tom!

Sabe como descobri isso? Catalogando todos os meus batons líquidos e em bala. Sim! Cataloguei todo mundo em um caderninho, seguindo uma ideia que a Lia deu há uns anos atrás. Cataloguei cada cor por família e assim, além de conseguir ter uma percepção melhor sobre os tons que tenho e seus contrastes, consigo achar e usar melhor cada batom da coleção.


Catalogar os batons foi bom porque ajudou a separar o que eu não uso há algum tempo, tons que eu não gosto, cores repetidas e como pude concluir que não gosto de batons com acabamento cremoso, separei eles também para  doar. 

Desapegando o que tava parado e sem amor...

Antes de separar os batons, havia começado a separar sombras soltas e paletas que não estava usando ou que apesar de ter usado por um tempo, não faziam mais o meu estilo. A surpresa foi que encontrei várias sombras soltas baratinhas e boas que eu havia comprado por impulso (pelo preço baixo ou por ser uma cor bonita), mas, que nunca usei porque não faz meu estilo real. Tipo, amo comprar sombra ver e azul, entretanto, minha make da vida é mais neutra e básica, então, pra quê mil tons de verde e azul, sendo que quando uso uma das duas cores, é geralmente em lápis na linha d' água ou delineando?

E as paletas com cores repetidas? Também foram pra pilha de doação!


Fazer isso me deu uma paz enorme, sabia? Além de abrir espaço pras coisas novas e pra o que realmente faz sentido ter, parei pra pensar que ao doar essas maquiagens, vou tá fazendo alguém feliz, assim como os produtos um dia me fizeram e todo mundo vai tá sendo usado e não mais, largado de lado.

Sombras soltas, vamos para casinha nova!! - depotando sombras...

E aí, que fiquei com poucas, porém, boas e queridas sombras soltas na coleção. Foi ótimo fazer isso, pois, consegui finalmente otimizar o espaço onde guardá-las e aproveitei pra testar uma técnica que já havia visto algumas blogueiras fazerem com sombras da MAC: depotei minhas sobras da QDB?

Depotar sombras é algo relativamente fácil e que consiste em tirar as sombras do potinho original e colocá-las em uma paleta imantada. No meu caso, foi bem tranquilo fazer porque já tenho uma paleta imantada da linha "Color me" da Contém 1g, que tem essa finalidade de paleta personalizável. 



O legal de ter uma paleta dessas é que você pode adicionar sombras da própria Contém 1g, mas também, da QDB? e da MAC (que também vende paletas personalizáveis, porém, não são imantadas). 


Regras no jogo!! - para entrar, tem que sair alguém!
 
Isso mesmo!! 

A decisão importante e final desta reestruturação foi a de só comprar algo de maquiagem novo, quando algo acabar ou se eu doar pra alguém e como agora só deixei as coisas que gosto super, acaba que vai valer a lei número 1: só entra algo novo, quando o velho acabar. 

Não sei se vou conseguir manter esse pensamento e planejamento por muito tempo, no entanto, não tenho sentindo mais tanta vontade de comprar coisas novas, justamente por aquela conversa do início do post, sobre os tours nas coleções de maquiagem alheia. Não quero mais sentir esse sufocamento desnecessário e também tô planejando guardar uma graninha e investir em produtos mais diferentes quando quiser e precisar comprar algo. 




Depois de ter separado os pinceis que ficariam em cima da bancada, tirando todos os de olhos e deixando um pote com pinceis mistos, aproveitei pra melhorar a organização das gavetas. Não ficou perfeito, entretanto, tá mais fácil e rápido pegar as coisas, já que agora, elas estão por ordem de uso.

Na primeira gaveta coloquei os primers, bases, pó compactos e blushes, enquanto que na segunda gaveta ficaram as máscaras para cílios, iluminadores, contornos e lápis coloridos, além da baguncinha dos produtos de reserva.

E aí, o que acharam da nova organização? 

Beijos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger