sexta-feira, 7 de abril de 2017

Aquele primer carinho que você respeita (e ama)

Revlon Photoready Perfecting


Nessas minhas andanças por blogs e canais do Youtube de beleza e afins, sempre via a dica do primer Photoready Perfecting da Revlon, mas, como os produtos da marca são mais carinhos aqui no Brasil, acabava adiando a compra. Porém, um dos meus melhores primers para poros dilatados acabou e eis que como era Natal, nada mais justo que me presentear com o tal produto de R$89 da Revlon.


Todo mundo que tem pele oleosa e poros dilatados indica o Photoready Perfecting como um bom produto para prolongar a maquiagem, oferecer disfarce óptico para os poros dilatados e conter a oleosidade distante da pele. Parece até exagero o tanto de elogio que você vai ver aqui e em outros posts sobre este primer, porém, a emoção e acabamento que o Photoready deixa na pele não pode ser descrito com perfeição até você senti-lo na pele. 

Nunca testei um pré- maquiagem que deixasse a pele com um acabamento mais sequinho, sem que depois causasse efeito rebote e o rosto ficasse mais oleoso ou que tivesse uma textura siliconada e que não brilhasse a zona T em menos de 4h, só que aí, veio a surpresa. O primer da Revlon tem uma textura que lembra sim o primer siliconado, mas, ao espalhar pelo rosto ele é seco e rapidamente absorvido. A maquiagem não só adere melhor, como o brilho não aparece em menos de seis horas, os poros ficam bem reduzidos e para fotos e vídeos a aparência é de pele perfeita.


O efeito bonito vem através dos pigmentos de luz na cor lavanda, que neutralizam possíveis vermelhidões da pele, oferecendo assim, um acabamento impecável sob qualquer luz. Além disso, o primer possui uma tecnologia com difusores ópticos e pérolas que refletem à luz, suavizam e refinam a pele. Ou seja: acabamento bonito e iluminação nas zonas certas. 

Gostei bastante do Photoready Perfecting e mesmo não sendo dos primers mais baratos, achei que foi um investimento com um custo benefício bom, já que não é preciso utilizar mais que um pump no rosto e já obter um efeito bom. Como amo fazer fotos (segue aí no Instagram) e geralmente são selfies, percebi logo a qualidade e o efeito bonito que ele tem, entretanto, não acho que seja um produto indispensável pra vida, apesar de fazer a diferença. 

Paguei R$89 (na Renner) e vi no site da  Ilkesaki por R$69, porém, pesquisando na net, achei em algumas lojas por R$49, então, creio que o lance seja garimpar mesmo, mas, caso você não queira ter tanto trabalho garimpando e cai na situação de achar esgotado, sempre dá pra comprar lá nas lojas Renner ou na Drogasil. Ok?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger