segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

{Nós, amores e muito blá, blá, blá} Você era o meu Dexter

Filme "Um Dia"(2011) - Emma e Dexter 

Eu te disse: você é um Dexter e eu sou uma Emma. A sua Emma. Porque nós somos aquele tipo de casal que se forma a partir de uma mera amizade e evolui para "super amigos, ativar".

Tá, sei o que eu disse; Realmente, esperar 20 anos, um casamento mal sucedido e uma filha a tira colo. não eram (e não são) os meus planos, mas, sei lá... De repente me pego sentindo falta de você, da sua instabilidade emocional e do seu complexo de libriano "bambambam".

Não lembro mais de alguns dos nossos momentos, porém, ainda me pergunto em que momento ser "Dex e Em", deixou de bastar pra gente. Quando foi que crescemos e escolhemos largar o caminho dourado de lado?

E sabe Dex, mesmo você sendo estável, sem nenhum senso de responsabilidade ou compromisso, queria ser sua Emma. Queria poder te esperar pelos próximos 14 anos e um dia, sentar  na varanda e contar nossas histórias insanas e dizer que apesar de tantas curvas, tropeços e crises, sobrevivemos. Estamos juntos e isto basta. Entretanto, não bastou, né?!

E a resposta é simples: nós não somos eles. Porque a leonina aqui, sou eu. Então, talvez, o problema seja só meu. Será?!

Um dia, a gente se encontra por aí...


❤❤❤

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger