segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

{Nós, amores e muito blá, blá, blá} Eu já escrevi outras cartas de despedida

Créditos: We Heart It

Eu já escrevi outras cartas de despedida antes. Já tive diversas oportunidades de falar sobre o que eu sinto e ouvir coisas sobre. Às vezes me diziam palavras positivas, outras vezes, negativas. Porém, sempre tive uma resposta. Uma reação para minhas ações.

Com vc foi diferente. Saboreei toda a covardia de alguém por quem usei toda minha coragem contida. Alguém por quem abri mão de um amor antigo e tão importante. Eu confiei em você e dei meu coração e um "eu te amo" completo.

Veja bem, não esperava você me dizer "eu também", mas, esperei respeito e sinceridade. Esperei uma parceria de confiança e lealdade. Entretanto, você simplesmente se foi. Arrumou as malas, pôs no carro e disse que ia na esquina comprar chocolate. Você Ainda me perguntou qual sabor eu queria, planejou uma semana de amor e depois sumiu. Caiu no mundo, aproveitou a noite e fez da lua, sua aliada e confidente.

Não vou te perdoar. Não preciso e nem quero fazer isso. Porque sei que só se merece perdão, se for com arrependimento sincero e você não vai se arrepender jamais. Não por ter me magoado, mentido e largado na rua a sua espera, mas sim, por estar só na esquina de alguma rua sem luz e brilho de lua, pois, ela, assim como você, também trai a confiança de quem acredita em sua luz e também se atrai pelo sol. Mas, o sol não quer mais a luz da lua. Ela é fria demais pra ele.

Boa sorte!

Um comentário:

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger