segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Resiliência pra nós...

#Memories31


Resiliência - s.f; capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar à má sorte ou às mudanças.


Já reparou que o novo substantivo da moda é resiliência? Todo mundo quer ser resiliente, forte e bem disposto às mudanças de última hora. Não sei se é bem uma necessidade social ou uma pressão mesmo, diante da rapidez com que as coisas tem acontecido na terra. Uma hora estamos comemorando o Prêmio Nobel e na outra seguinte, acendendo velas por vítimas de "desastres naturais", terrorismos e etc...

É bom se adaptar rápido as coisas. Ajuda a evitar maiores dramas e mimimis, quando na verdade o que a gente precisa mesmo em meio a novidades é ter coragem e força pra vê e ouvir o que tá vindo e superá-lo. Bom ou ruim, tudo precisa ser superado para que novas coisas aconteçam e a gente continue a evoluir.

Diria ainda que resiliência é um bom substantivo coadjuvante para evolução pessoal. Tudo muda e sempre vai mudar porque como já bem dizia Cazuza, "o tempo não para, não para, não". Então, se pra estar aqui e agora a gente tem que mudar, que mudemos, então. 

E quando a gente muda, criamos novas raízes, adquirimos experiência, novos ares, lares e mais sabedoria pra repassar ao próximo. Dá pra aprender apreciar mais os bons momentos, entender que algumas lágrimas fazem parte do caminho até a felicidade e que o verdadeiro "final feliz", só se cumpre quando a gente aceita e abre as portas pro novo. Seja ele um amor, um novo emprego, uma nova cidade ou apenas, um novo eu.

Um brinde aos que cruzam a barreira do novo. 

Tim, tim! 

¬¬


Sempre fui do tipo que tem certa dificuldade pra mudar as coisas. Eu planejo tudo sempre, então, quando algo sai do planejado, fico meio nervosa, mas como boa calculista que sou, replanejo tudo novamente e tento adequar o que quero ao que tenho. Às vezes dá certo, mas nem sempre isso acontece e como boa ansiosa que sou, bate um pouco de nervoso.

Confesso que estava bem ansiosa nos últimos dias, no entanto, eis que essa semana, algumas coisas fora de hora rolaram e toda ansiedade se dissipou e em meio a uma situação que deveria ter me deixado nervosa, persistente em algo e etc... Simplesmente deixei pra lá. Usei o "dress code" da situação e me adaptei a ela. O que conclui disso? Precisamos estar na moda e ser resiliente que nem os outros milhões de brasileiros estão tentando ser.

A dieta tá rolando por aqui, porém, com um novo foco e claro, rola umas jacadas breves ao longo da semana, mas nada muito assustador. Essa semana teve uma novidade interessante: minha TPM não bateu e a menstruação chegou sem sintomas. Só percebi que ia menstruar no dia que comecei a sangrar, só porque amanheci inchada. 


Depois que emagreci, meu paladar mudou bastante e passei a gostar de vários alimentos que não curtia tanto. Um bom exemplo, foi feijão com arroz. Eu não gostava de comer feijão e devo confessar que às vezes até chorava de raiva quando tinha que comer. Hoje, sonho com a hora do almoço/jantar só para comer meu bom feijão com arroz. Como até puro se deixar. 


Depois que reformei meu quarto, mudei algumas coisas de lugar e fiz uma decoração mais adulta e um pouco minimalista (tudo influência do Pinterest) e um dos detalhes que mais gostei de mudar, foi essa bandeja de prata com meus perfumes e um vasinho com uma flor alegre. Ficou bem bonito e dá uma corzinha ao quarto. 


E finalmente gravei o vídeo dando minha opinião sobre o Light - Poo da Elseve. Comprei e usei o produto por uns dois meses e ainda não tinha conseguido formular uma opinião oficial sobre ele, porque vamos combinar: um produto que tentar ser tudo, pode acabar sendo nada. Mas, vocês só vão saber o que achei dele, daqui há uns dias quando o vídeo for ao ar lá no canal (se inscreve aqui).

Essa semana também aproveitei pra ir assistir ao novo filme da Bridget Jones. Bem... O que achei de "O bebê de Bridget Jones" vai ser post essa semana, mas, já adianto que é uma comédia bem divertida e mesmo quem (assim como eu) não assistiu aos outros filmes, consegue entender perfeitamente bem os acontecimentos. 


Pausa para o momento "mamãe blogueirinha"... Minha mãe resolveu soltar as frangas essa semana e me pediu pra maquiar e fazer umas fotos dela pela casa. Não sei qual foi a ideia real desse pedido, mas, curtir bastante sair fazendo cliques de mamy poderosa. Detalhe: 1- ela amou minha base Matchmaster e já tá querendo roubá-la; 2- ela quer um pincel oval da macrilan pra ela. Disse que é tão macio e gostosinho, que parece que tão passando "nuvem" no rosto. 

De resto, tô mais quietinha e em casa nessa semana. Tô toda dolorida das cólicas menstruais e viciada no livro dessa semana. Comecei a ler "After" e tô adorando!! Ahhh... Deixa adiantar uma coisa pra vocês: a Saraiva me deu um murro no estômago com os e-books deles que só podem ser lidos no e-reader da marca, mas, não avisam isso aos consumidores. Moral da história: perdi dinheiro. 

Beijos e boa semana!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger