quinta-feira, 14 de julho de 2016

{Low Poo} Meu kit básico para começar a técnica

Há alguns posts atrás comentei que tinha decidido começar a fazer o low poo. Como procedimento inicial da técnica, recomendam que a gente sente e analise os produtos que já tem em casa, para ver o que dá pra continuar usando e o que vai precisar ser substituído.

Eu tenho muitos produtos de cuidados com os cabelos e recentemente havia feito algumas comprinhas pra intensificar os cuidados com os fios, porém, ao analisar esses produtos novos e os que já tinha, percebi que a maioria era tinha o uso proibido (não devemos usar shampoos com sulfato forte, petrolatos e alguns casos parabenos) por conter a maldita da parafina liquida. Acabei criando coragem e separando tudo que não ia usar pra dividir com algumas pessoas queridas e fui caçar novos produtos que fossem permitidos, de boa qualidade e com preço bom.

Aí montei esse kit com produtos novos, alguns que achei vasculhando nas coisas de mamis e uns que eram meus mesmo... Olha só:




Não me assustei com a quantidade bem reduzida que ficou, porque pensando bem, uma pessoa só não precisa de mil opções de finalizadores e sprays, logo, ainda tenho uma quantidade razoável de produto ao meu dispor.

Alguns produtos eu já consegui testar e posso dizer que o que mais me chamou atenção na técnica e produtos permitidos é o custo benefício. Há uma variedade enorme de produtos que são baratos e ultra acessíveis, fáceis de encontrar e que são de qualidade e ficam ainda melhor quando batizados com coisinhas simples e caseiras como óleos vegetais (os únicos permitidos, tá? Não pode usar óleo mineral no low poo e nem no poo), leite integral, maizena, azeite de oliva, mel, açúcar, babosa, óleo de ricino e tantas outras coisas fáceis de usar.

Comprei óleo de rícino e de amêndoas na farmácia e paguei cerca de R$5 num vidrinho de 30 ml. Não é caro, mas comparado ao preço que paguei antes e algumas meninas relataram nos grupos, tá meio salgadinho, porém, vou mentalizar que é a crise agindo.


Pra shampoo optei por versões baratinhas e fáceis de encontrar. A primeira opção que comprei foi a da linha (#tôdecachos) da Salon Line e além de ser mega suave, ele é ultra hidratante e perfeito pra quem tá em transição capilar ou com o cabelo ressecado e danificado. Eu comprei por causa do preço (R$13) e porque como tô ficando mais tempo com o cabelo in natura, queria que ele tivesse mais hidratado e macio. Não me arrependi. O cabelo fica mega macio e parecendo que passei um condicionador bem emoliente junto.


Comprei também o Less Poo da Yamasterol pra testar e por indicação das meninas que me inspiraram. Gostei dele, porém, não amei como rolou com o da Salon Line, por justamente limpar mais e não deixar tanto aquela sensação de maciez que o da Salon proporciona depois que a gente enxágua o produto.


Mesmo assim achei ele bom e com uma limpeza suave e apropriada pra o que o produto se dispõe a ser. É estranho no inicio por vários fatores,só que a partir da segunda lavagem a gente já se acostuma com o fato de não rolar tanta espuma assim e ainda sim o cabelo está macio, limpo e cheiroso.

E aí, qual shampoo vocês tão gostando de usar?

Beijos! 

Um comentário:

  1. Já faz um ano que aderi o Low poo, e não me arrependo. Não sei se um dia irei parar, ou se vou continuar com essa rotina. Vi muito resultado desde que aderi. Meu cabelo cresceu horrores e tá com aspecto de bem mais cuidado.
    Inspirei-me muito na Buh Caixeiro. Que é ruiva como eu e tem cabelos cacheados. Além do mais, ela tinha aderido ao Low Poo bem na época em que comecei a acompanhá-la. E achei a técnica o máximo. Virei a louca dos produtos sem sulfato, corante, parabenos e petrolato. KKKKKKKK!
    Não me arrependo!
    Continue firme e forte!!!
    Beijos, mamis!

    www.sonhosempauta.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger