segunda-feira, 27 de junho de 2016

{Diário} Memories #16

Ainda sobre o efeito "Como eu era antes de você"



Engraçado como observar a vida pelo angulo do outro pode mudar a nossa visão sobre o mundo e sobre o que fazemos com a nossa vida e com as pessoas que supostamente amamos. Nem sempre a gente decide uma coisa observando o peso que isso vai ter na vida do outro. Só pensamos na gente, no que queremos e no que julgamos "o certo". 

É complicado. Eu sei. A vida é difícil e nem sempre é fácil seguir novos caminhos e quando a gente resolve ir, porque pensar demais? Se quando a gente pensa, a gente não faz, né?  

O que mais fiz esses dias foi pensar. Comecei essa tarefa ao assistir "Como eu era antes de você" e me deparar de novo com a complicada decisão adotada por Will. De novo parei pra pensar no que Louisa deve ter sentido e também o que aconteceria se ele mudasse de ideia. Não seria bom pra ela e nem pra ele. 

Pensar é um exercício que exige equilíbrio e força, mas não é garantido que qualquer resultado seja positivo, por outro lado, pode ser duradouro. Então, o que fazer? Não sei. Porque tudo depende da situação, das pessoas e da disponibilidade pessoal em assumir riscos.

Talvez a gente só entenda bem os pesos e as medidas, depois de se colocar na posição do outro e tentar sentir a dor ou a alegria de algo. É assim que consigo entender o peso de não voltar atrás na  decisão de Will e magoar temporariamente o coração de Lou... Ela merecia ter a chance que ele teve de ver e viver o que o mundo pode oferecer e se mudasse de ideia, daria menos do que ela tinha antes de encontrá-lo.

Coragem e audácia andam de mãos dadas, tá? 

¬¬

Impossível não ter a semana que passou girando em torno dos dois super eventos tão aguardados: estreia de "Como eu era antes de você" e o São João. O filme não me fez chorar as rios, mas mexeu com meus sentimentos o suficiente pra gerar alguns posts. 

Já o São João foi especial porque é aniversário do meu pai, então, a gente vibra um pouco a mais e claro, pior que Natal e Semana Santa, come como se não houvesse amanhã... Consequência disso é que pelas próximas semanas, vai rolar a volta da dieta restritiva e um detox breve. 



Tô ficando um tempo sem escova e prancha pra dá uma respirada e claro, ajudar o cabelo a ficar mais saudável. Daí, eis que tô começando a pesquisar algumas técnicas como low poo e no poo e resolvi que vou experimentar fazer, então, já imagina o intensivo que tá rolando por aqui de Google, Youtube e acervo de beleza.




Esses produtos aí em cima são os que posso usar. Os das duas primeiras fotos comprei no final de semana e o último, havia comprado durante o carnaval e não usei muito bem. Como agora vou passar mais tempo sem escovar o cabelo e fazer alisamento químico, quero tentar usá-lo direito.

Junho tem sido um mês de muitas surpresas e presentes. Ao mesmo tempo que é bom, me deixa apavorada porque agosto tá chegando e pode ser que não ganha quase nada no meu niver. Ganhei essa semana esse colar lindo com a palavra "abençoada".


E sexta foi niver de papis e com direito a torta de tapioca... Tava entupida e mesmo assim comi. Claro que a crise do açúcar bateu e eu cai no sono rapidinho. Ahh e como a TPM também tá chegando, tá rolando um inchaço breve na pancinha. 



Aproveitei pra postar minhas foto de infância preferida. Essa foto foi tirada pela minha mãe na manhã do dia 04 de agosto de 1998. Lembro como se fosse ontem, porque esse foi um dos melhores aniversários que já tive e adorava esse pijama.  

É isso... Boa semana pra nós, tá?

Beijos!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger