terça-feira, 22 de março de 2016

{Eu li} Água para Elefantes - Sara Gruen

O maior espetáculo da vida...


Há uns poucos anos assisti Água para elefantes  interessada em ver mais um filme com o Robert Pattinson, só que logo, esse se tornou um dos meus filmes favoritos e passei a ter bastante curiosidade em ler a história original (aka o livro). Finalmente comprei o tal livro e comecei a conhecer Jacob, Marlena e Rosie


De inicio, não curtir tanto o livro e até comentei com algumas pessoas (e até por aqui) que ele seria o primeiro que eu iria preferir a versão cinematográfica a escrita. Bom, atualmente gosto igualmente das duas. 

O livro ajuda a gente entender melhor, porque que o Jacob Jankowski idoso quer fugir com o circo, como anda a vida dele e claro, como foi todo o casamento com Marlena, seu grande e único amor. 


Pra quem não assistiu ao filme ou leu o livro, Jacob Jankowski era um aluno do curso de veterinária da Universidade de Cornell. Ele estava em seus últimos dias de aula, quando seus pais morrem em um acidente de carro. Sozinho e falido, ele acaba não concluindo as provas da faculdade e não se forma. 

Como ele não tinha mais nada a perder, resolve mudar de vida e sair pelo mundo. Porém, essa jornada aventureira não vai muito longe, já que logo ele encontra um trem e resolve embarcar nele. Pra sua surpresa, era o trem de um circo e o que era pra ser um passatempo de alguns dias, vira um trabalho de três meses e meio. 



O que me surpreende é a rapidez com que as coisas acontecem. São tantas novidades na vida de Jacob, que chega a surpreender que da sua chegada aos Irmãos Benzini até o desvendar de tudo, só tenha se passado três meses. 

No circo, Jacob não só encontra um amor, como também descobre como a vida pode ser dura com as pessoas e as transformar. Ele acaba lidando com um tratador de animais que ora é um "encanto" de pessoa, ora é o demônio em corpo e alma, conhece um velho bêbado que praticamente o adota como filho, um anão e sua cadela que são unha e carne e uma elefanta esperta que torna-se a sua salvação.



Mais do que um romance ambientado nos anos 20/30, essa é uma história sobre o circo, a vida dos animais que participam de espetáculos e acima de tudo, os males da idade e claro, "a vida e seu movimento tão cheio de sabedoria..."

O interessante é que o livro nasceu justamente por causa do circo e dos animais. A Sara Gruen viu uma matéria sobre um fotografo que acompanhou alguns circos pelos EUA nos anos 20 e 30, daí encantada com as fotos ela começou a pesquisar mais sobre o tema e chegou até a vida dos elefantes naquele períodos nos circos e daí surgiu Água para elefantes


O filme passa a ideia de que a trama é toda sobre o romance e diga-se de passagem, triângulo amoroso que rola entre Marlena, Jacob e August (o maluco marido de Marlena e tratador dos animais), porém, no livro a gente vai percebendo que a história vai mais pros rumos que a vida dá e as guinadas que a acompanha.

Eu ainda prefiro mais o filme, porém, gostei muito do desfecho do livro, porque ele não deixa no ar o rumo que a vida do casal toma depois que o Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini vai a ruínas. E também achei o Jacob do livro bem mais divertido que o do filme, viu? As piadas do tiozinho são mara!!

Vale ler o livro? Vale. Mesmo que você já tenha visto o filme várias vezes, vai ter ser válido e diria até que enriquecedor, pois, a riqueza de dados históricos que a autora trouxe pra obra, são bem legais. Mas, prepare-se pra ter aqueles momentos de "ahh, ele não devia fazer tal coisa agora?", porque eles rolam mesmo, já que a ordem cronológica de alguns fatos foi alterada, tá?


Beijos e boa leitura! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger