quinta-feira, 2 de julho de 2015

Eu li: A Escolha - Kiera Cass

E hoje finalmente a gente vem falar do terceiro livro da saga "A Seleção". Nessa resenha, resolvi fazer uma parte em vídeo, porque acho que assim consigo me expressar um pouco melhor. Na verdade, gosto de resenhar alguns livros mais "emocionantes" em vídeo, porque parece que vocês vendo a minha empolgação, dá mais gás pra vocês lerem... Será?


Nesse livro, finalmente a gente fica sabendo qual é a escolhida do príncipe Maxon e também, quem é que a indecisa da America vai escolher. Porque apesar da mocinha fazer parte da seleção a futura princesa, ela tem a seleção própria dela pra futuro marido, né?

Pra falar a verdade, dos três livros, esse é o que menos America deixa a gente irritada e com ódio profunda da indecisão entre Maxon e Aspen, mas apesar disso, a mocinha ainda consegue dá uns bons vacilos e quase, quase põe tudo a perder com nosso príncipe favorito.




Se em "A Elite" as coisas já começam a ficar quentes no país, com o aumento das revoltas nas cidades e o contra gosto da população com a sequência da Seleção e também da monarquia, as coisas em "A Escolha" ficam ainda mais quente e perigosas, porém, algumas conquistas politicas importantes são feitas por Maxon e advinha quem é a responsável por elas? Sim. America.

Finalmente eles começam a ter noção dos desejos do povo e bolar maneiras mais eficientes de ajudar a população, porém, isso não vai evitar que aconteça uma tragédia, mas digamos que nesse caso dá pra se aplicar aquela teoria de que "há males que vem para o bem", sabe?


Vou dizer pra vocês que acho que Kiera fez esse livro na TPM, porque a mulher resolveu passar a régua nos personagens e muita gente vai morrer. O primeiro deles e eu tenho que dar esse spoiler, porque ele é babado, é o pai de America e essa morte, vai ser fundamental pra menina acordar pra vida e juntar peças importantes do quebra cabeça de Ilea.

Porém, eu achei que ao saber de algumas coisas, que America fosse fazer coisas importantes e que essas informações que ela teve acesso, seriam úteis pra algo, mas como disse... Kiera tava na TPM e acabou se perdendo, deixando de lado umas infos que deixariam o desfecho mais quente do que ele já foi.


Em resumo, eu gostei do final da primeira parte da saga. Sim. Primeira parte. Digo isso, porque o quarto livro acabou de sair e ele meio que dá inicio a uma saga parte dois. Só que agora a gente vai acompanhar o que a filha de Maxon e a escolhida vai decidir da sua seleção.  Mas, eu achei que quase todos os personagens tiveram fins justos e bem de acordo com o que a gente esperava pra eles com base nos acontecimentos dos três livros.


Beijos!! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger