quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Eu li: Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie

Ahhhh Agatha Christie ♥ Como eu me apaixonei pelos livros dela...

Depois que eu li o "A noite das bruxas", comecei a pesquisar mais sobre os livros da Agatha Christie e descobri que provavelmente eu iria gostar mais dos livros onde os crimes fossem investigados pelo Hercule Poirot. Então, quando encontrei super ao acaso alguns livros com uma capa bonitona lá nas Lojas Americanas, não pensei duas vezes e trouxe os que tinham o ele.

Comprei "A mansão Hollow" e o "Assassinato no Expresso do Oriente". Na dúvida por qual começar, escolhi o segundo livro que é mais curtinho e ia ser perfeito pra completar a minha semana literária.



Nesse livro, a gente acompanha o renomado Herculo Poirot, tentando regressar a Londres, depois de passar algum tempo viajando por países longínquos. O problema é que onde há Herculo Poirot, há fogo e logo um caso em potencial se apresenta ao detetive belga.

Bem, o caso em potencial, até que demora um pouco a se apresentar, mas logo que Poirot, embarca se hospeda em um hotel na Turquia, seu sexto sentido meio que o avisa que diante de si está uma futura vítima.



Por ter sido requisitado que Poirot retornasse a Londres o mais breve possível, ele tenta conseguir uma vaga no Expresso do Oriente, porém, esse encontra-se inesperadamente lotado para aquela época do ano. Mas, graças a um velho amigo que ele reencontra na Turquia e que era diretor da companhia de trens, ele consegue embarcar no Expresso.



O caso é que de imediato, Poirot tem seu interesse e sexto sentido aguçado ao ver o M. Ratchett e mais tarde, ele é procurado pelo mesmo que lhe solicita proteção pessoal, pois, ele vem sendo "perseguido" há algum tempo e teme que sua vida corra perigo durante a longa viagem de trem. Hercule Poirot rejeita o serviço e na noite daquele mesmo dia, o tal homem é assassinado misteriosamente.

É a partir daí que o livro realmente começa e a gente precisa ficar de olhos bem abertos a tudo que vai vim a seguir, principalmente, aos depoimentos dos passageiros do vagão onde ocorreu o crime. As provas recolhidas, as variações da cena do crime e principalmente os fatos apresentados pelos passageiros, trazem a tona uma trama que aparentemente não tem solução, porém, magistralmente o nosso investigador favorito, consegue, desvendar tudo e cospe um dos melhores e mais incríveis enredos já escritos por Agatha Christie.

Acho que pra quem gosta de um livro de mistério, é curioso e adoro histórias rápidas, esse livro é perfeito. Dá tranquilamente pra ler em um dia e vicia tanto que você nem sente o passar das páginas. O que faz dele uma ótima opção de presente, viu ??



Beijos!! 

2 comentários:

  1. Excelente escolha de livro!
    Este é o meu livro preferido da autora!
    Adoro como ela aborda os fatos e, ainda assim, consegue nos surpreender no final!
    Esse é o tipo de livro que você começa a ler e suspeita de um, mas nas páginas mais a frente já está suspeitando de outro e assim por diante. Mesmo assim, no final, você descobre que não é nada daquilo que você estava pensando! Muito bom!
    Feliz Ano Novo!

    Beijos,
    Renatinha Araújo.

    .::GLAMOUR FEMININO::.
    Blog | Twitter | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso... Você nunca sabe o que te espera. Por mais que você tente descobrir, nunca você vai conseguir achar o verdadeiro assassino. Amei esse livro e tô fazendo uma pequena coleção com os livros da Agatha.

      Beijos!!

      Excluir

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger