segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Diário Semana #33

55 por cento... 


O Facebook é cheio de pequenas armadilhas, né? Hora é um joguinho viciante, depois uma ferramente deles para homenagear quem a gente ama, depois uma postagem venenosa, um teste... E quando a gente vê, já experimentamos de tudo um pouco e viveu os dois lados do negócio: vítima e algoz.

Há alguns dias experimentei duas dessas armadilhas: um teste e um post com ar de indireta. O teste, na verdade, era até inofensivo e era pra saber o que o dia do meu aniversário dizia sobre mim. O problema é que não me contentei em fazer apenas esse teste da página e fui fazer outro, que me despertou bastante curiosidade. O tal teste era pra saber se você tinha indícios de ser um psicopata.. O resultado foi que tenho 55% de ser psicopata e isso só porque respondi "mais ou menos" na maioria das perguntas.

Tá. Eu sei que esses testes são bobagens e tal, mas vai que uma parte faça sentido? Sei lá, não minto que algumas vezes tenho algumas aversões sociais, vontades súbitas de arrancar a cabeça de algumas pessoas e outras coisas... Não sei se isso é normal, mas também, pra mim nunca pareceu anormal o suficiente pra dizer que posso ser meio psicopata... Aliás, teoricamente, mais da metade de mim é psicopata, não?

Fiquei vários dias refletindo (ser ou não ser psicopata, eis a questão!!), sobre o joguinho e morrendo de vontade de mandar alguns amigos fazer e tirar a dúvida, mas quer saber? Não tive coragem! Primeiro porque iam zoar se soubessem que eu meio que acreditei, segundo que eu ia ter que mentir sobre como descobri e por aí vai...

Por outro lado, me conflituei com uma indireta bem direta e até que merecida, afinal, eu meio que fui até a pessoa dar o "gatilho" pra ela. Receber uma indireta via Facebook não doeria tanto se a tal indireta não tivesse sido tão pesada e direta...

Passei alguns dias oscilando entre raiva, tristeza, chateação e por aí vai... E ao final, até que dei uma direta na pessoa, perguntando o que ela achava de alguém que dava uma indireta pra uma outra pessoa, depois vinha como se nada tivesse acontecido, achando que a pessoa que tomou a indireta tinha visto, só que a pessoa não viu. Ele pra variar, fez a cara de idiota padrão e eu achei melhor deixar pra lá e seguir minha vida... Seguir a vida é sempre a melhor coisa, viu? Já falei várias vezes pra vocês que as pessoas não mudam e agora digo com base em tudo que aprendi com Gregory House, que as pessoas mentem sempre e muitas são infelizes disfarçadas que se esgueiram na sua vida, tentando te arrancar desde lágrimas até bens materiais.

Acho que faz parte dos meus 55% de psicopata, ter as emoções exaltadas e achar que as pessoas deveriam retribuir sentimentos e ações, na mesma proporção que recebem. Não dizem que você é o que você emana, que o mundo dá voltas e que vem pra você o que você deu? Porque ás vezes a gente não recebe tantas coisas boas como demos? Não sei... Essa é mais uma dúvida que vem pro meu livro das "Coisas que não consegui responder no Diário da Semana".

¬¬


E aí, já estão me acompanhando no Instagram?? Olha que lá todo dia tem uma novidade e uma dica mara, viu??

Bem, minha semana foi super agitada e acabei me atrapalhando bastante com a programação do blog e do canal e aí, acabou-se que só teve vídeo na terça (#perdão), mas essa semana vai tudo voltar ao normal (pelo menos é o que eu espero). A semana ficou assim tumultuada, porque mamis fez cirurgia de Catarata e eu tive que ir acompanhá-la, depois piorou porque de última hora marcaram a revisão pro dia seguinte a cirurgia e aí, lá se foi a lindinha aqui rodar a cidade como guia da mamis semi cega, mas graças a Deus correu super bem.

O bom é que consegui agilizar a leitura e matei dois livros em quatro dias. Livros bons e que eu tava mega ansiosa para ler.




Essa semana finalmente consegui voltar a fazer meu passo a passo completo com a linha de mandioca, da Haskell. Não. A empresa não me paga, nem nada, mas eu amo falar dessa linha e isso é porque os produtos são cheirosos e de qualidade. Então, não me custa nada dar essa dica pra vocês. Querem cuidar bem dos cabelos? Use!!



Do meio da semana em diante, confesso que dei uma balançada e comecei a ficar um pouco triste, porque estava se aproximando o dia da viagem de Márcia e enfim, eu sou boba e saudosista ao extremo, então, você imaginam como fiquei ontem, quando ela finalmente embarcou e a leva de festinhas de despedidas acabou.

Enfim, entre lágrimas e um tanto de drama básico pela saudade, minha semana até que caminhou bem e pra minha alegria, fechei o domingo com lasanha e sorvete de doce de leite (#vaigordinha).  Afinal, existe consolo melhor que comer??? kkkkkkkkk

E aí, como foi a semana de vocês?? Contem-me e me sigam no Instagram, tá?


Beijos!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger