segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Nós, amores e muito blá, blá, blá: Para sermos "nós"...

Créditos: We Heart It




Ainda lembro de você naquele dia...

Sorriso fácil de quem sabe arrancar um sorriso sincero, sem esforço.

Uma covinha tímida, em uma das bochechas e de repente, eu vi em você o reflexo do meu novo amor...

Não, eu não acreditava em amor a primeira vista, mas também não acreditava em anjos e havia acabado de ver um!

Sempre tive tantos sonhos... Um bom emprego, algumas viagens internacionais.

E de repente, passei a sonhar unicamente com você e com o dia em que não seríamos mais "eu e você", mas sim, "nós".

E foi assim, dois meses depois daquele dia em que  a gente se conheceu...

... E ali estava eu, o cara que não se prendia a nada e nem a ninguém, perdido nos olhos mais doces e gentis que já me cruzaram na vida.

Eu podia ver que você me queria... Me queria tanto quanto eu te queria.

Sabe o que a vida nos ensina com um amor assim?

Que ele é provavelmente o primeiro e o último das nossas vidas, mas isso só se você for um cara esperto e jamais magoar pra valer o coração que quer ser seu...

 Não é fácil. Talvez, para alguns caras nem seja possível, mas eu estou tentando.

Estou tentando por nós. Você, eu e tudo que o mundo nos reservar a viver!



2 comentários:

  1. Ahhh que bonito!! Adorei!
    Gostei de conhecer seu blog!
    beijos

    http://universodeestrelas.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger