quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Blush Firenze cor 05 - Marchetti

Todo mundo conhece a marca de maquiagens "Toque de Natureza", né? Mas, poucas sabem que a a fabricante dos produtos TN, também são donos da Marchetti, uma marca mais popular, mas com a mesma qualidade da marca principal do grupo.

Já havia experimentado os batons a marca e resolvi comprar mais alguns produtinhos, então, como boa viciada em blushes, escolhi o 05 para testar. 




Escolhi essa cor, porque além de ser bem bonita, não tinha nada parecido. Tenho muitos tons de blushes, principalmente em tom de rosa, mas nunca havia encontrado um tom de rosa que fosse assim, mais fechado e perfeito para pele negra. 


O  produto é bem pigmentado, provavelmente por ter acabamento acetinado / matte. Gosto mais de blush assim do quê com brilhos, sabe? Sinto que eles dão uma cor a mais, duram mais e o resultado final é bem natural. 


Eu gosto de passar bem de leve, para não ficar muito fake e nem muito forte, sabe? Morro de medo do blush ficar "chinelada na cara", mas, alguns que tem um tom bonito eu passo um pouco mais, só pra ressaltar um tantinho, que nem fiz com esse. 

Acho que ele fica lindo para todos os tons de pele, mas as mais branquinhas tem que tomar cuidado na hora de passar pra não ficar muito forte e nem muito marcado. Para quem é morena / negra, o resultado vai ser top, tanto com mais, quanto com menos, mas acho que pra quem tem a pele até dois tons mais escura que a minha, é bom ir testando a quantidade, pois vai precisar de um pouquinho mais pra deixar ele mais perceptível. 

 A embalagem não é das mais bonitas, mas comparada a e outros produtos com a mesma faixa de preço (até R$12), ela é uma das melhores e mais resistentes, além de ser a que vem com mais produto. Só não curto muito o fecho, que pra quem não tem muito jeito ou unha grande, pode ser um saco de abri e nos dias que as unhas estão pintadas, ele pode retirar um pedaço da ponta. 


Beijos!! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger