segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Leite de Colônia - Ainda existe? Sim!

Nem eu acredito que esse post está saindo, mas vamos lá...

Todo mundo lembra de assistir na infância e de encontrar o Leite de Colônia na penteadeira da mãe ou da vó e de claro, Gabriela Duarte, dando e deixando nos anos 90 na comercial (eu adorava a cena do "a pele não está totalmente limpa), além dela teve Carolina Dieckman também, mas claro, sem tanto glamour.

Mas voltando ao assunto desse post: o Leite de Colônia é super tradicional e basicamente é o pai ou avô dos nossos amados tônicos adstringentes, além de ser um dos primeiros auxiliares na remoção de maquiagem. Depois de anos sem nem lembrar da existência dele, eis que me deparei com a espuma de limpeza e aí até chegar a ele foi um pulo. Comprei e comecei a usar para limpeza corporal e facial.




De cara me surpreendi com o fato de ter esquecido o tanto que ele era eficiente e deixa a pele limpa e com o toque macio e suave. Porém, ele é mais forte que um tônico comum e não é muito bom para usar nos dias em que a pele tá mais sensível (aqueles dias pós esfoliação).

Observei também que pros dias em que a pele fica bem mais oleosa que o normal, ele é uma ótima saída, pois a deixa sem brilho por mais tempo e ainda ajuda a evitar o aparecimento de cravos e espinhas.




Como eu tenho a espuma de limpeza para pele oleosa da mesma linha, não pude resistir e acabei testando mudar a rotina e usá-los juntos para ver no que dava e se a pele não ficava mais sensível, como estava ficando usando ele com os sabonetes do dia a dia que são mais fortes. Bom, para minha alegria o conjunto funciona muito bem e tem um custo menor que o dos outros produtos que eu uso.

O preço é mara, viu? Há vários tamanhos de embalagem e o preço máximo é de R$6.  O cuidado extremo com o sol, também é essencial com ele, assim como no uso com qualquer outro adstringente, já que os ácidos podem manchar a pele se exposta ao sol sem proteção solar.


Beijos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!!!


SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger