sexta-feira, 26 de maio de 2017

Um hidratante levinho para pele oleosa

Normaderm Skin Balance - Vichy


Vamos continuar a papear sobre hidratantes e pele oleosa, mas desta vez, eu vou contar tudo que achei do acqua gel hidratante da Vichy, um produto leve e que promete ajudar a controlar a oleosidade. Será?

Bom, ainda não vi esse controle de oleosidade prometido, porém, posso dizer com toda propriedade que este é um ótimo hidrante para quem tem medo de produtos cremosos sobre a pele oleosa. No entanto, fique esperta pra saber usá-lo à noite, antes de dormir e não durante o dia, porque ele infelizmente vai te desagradar. 



Já sabia que este hidratante não ia deixar a pele sequinha e que provavelmente, ao pro dia a dia, ele não fosse uma boa opção, então, não criei expectativas e confesso que até fiquei bem chateada por ter investido meus R$40 golpinhos nele. Daí, um dia desses tava sentido a pele meio seca e ardendo, com preguiça de levantar e sabendo que o dito cujo tava na mesa que fica na lateral da minha cama, peguei o Skin Balance e taquei no rosto com gosto e fui dormir. No dia seguinte, tcharã!! Olha a pele macia e sequinha e base durando seis horas sem brilho?!

Claro que fiquei animadíssima com a situação e inseri de uma vez o produto na minha rotina, porém, apenas durante a noite e até agora vem sendo um ótimo uso e complemento da rotina de cuidados e tratamento antiacne que já faço.




O Skin Balance contém ácido salicílico e LHA, o mais novo ativo utilizado para tratar pele oleosa e acneica com tendência a sensibilidade. O LHA é um derivado do ácido salicílico e além de ser mais leve, o produto ajuda a prevenir o surgimento de cravos e irritações cutâneas. Logo, para quem tem pele sensível, o tratamento com produtos a base deste ativo, acabam sendo mais eficientes a longo prazo.

Minha pele não é super sensível, entretanto, acaba ficando um pouco mais sensibilizada quando utilizo ácidos mais fortes como a tretinoína ou quando faço microesfoliação, daí, percebo que ao usar o Skin Balance, minha pele reage bem, não fica vermelha, não arde e no dia seguinte não sofro de efeito rebote.

Porém, pra usar diariamente antes da maquiagem, não acho que esta seja uma boa opção de produto para você que tem a pele bem oleosa. Na verdade, creio que ele seja perfeito para o uso diurno nos casos de pele normal à mista, já que é leve, porém, hidrata suficientemente, é oil free e rapidamente absorvido e apesar dele não ter um efeito menos sensibilizante do que o ácido salicílico, o uso do protetor solar após a aplicação do hidratante é essencial, mesmo que você não saia de casa, pois, a televisão, o computador, o celular e acredite, até a luz de casa podem prejudicar a sua pele e caso você esteja utilizando um ácido para auxiliar o tratamento da acne, sua pele pode acabar ficando manchada pela luz indireta e direta que estes dispositivos eletrônicos emitem, viu?

Se você quer um hidratante único, para usar durante o dia e a noite, eu não aconselheria o Skin Balance, salve o caso de sua pele ser de normal a mista. Para peles bem oleosas, só indicaria o uso para o período noturno e claro, em dias mais frios, caso contrário, você vai ficar bem irritada com o brilho que ele não vai ajudar a controlar.


Beijos!! 

terça-feira, 23 de maio de 2017

O tal pozinho (caro) salva vidas das gatinhas de pele oleosa

Blot Powder Pressed Deep Dark - MAC


Não tenho a menor de ideia de quando foi que comprei o meu primeiro Blot Powder - blotinho, paras as íntimas - mas, assim que entendi a proposta do produto e adaptei o uso a minha rotina, eis que encontrei um daqueles itens que você investe uma boa grana e que super respeitam e valem o investimento feito. 

O Blot Powder é uma espécie de pó compacto prensado e ultra fino, perfeito para dar acabamento à maquiagem, garantindo que não vai sobrecarregar o visual e que a pele vai ficar sem brilho. O produto não deixa a pele com o efeito pesado e às vezes ultra carregado que um pó compacto comum deixaria, porém, colabora para a oleosidade não atingir a make e fazê-la durar um tico mais.



Se tem uma coisa que aprendi nos últimos anos e que a cada dia me convenço mais, é que na maquiagem não existe regra e as pessoas são livres para usar produtos e utensílios conforme a sua mera vontade. Então, tem quem opte usar o blot como um mero pó compacto, logo após a aplicação da base e aí, o leve na bolsa para retoques ocasionais ao longo do dia; e há as pessoas como eu que optam por utilizá-lo apenas como pó de retoque, garantindo a make inicial, afastando o brilho que começa a aparecer e prolongando o ar "fresh" da make do dia. 

Eu prefiro usar um pó mais "normal" quando faço a pele e só depois de umas horas aplicar o blot para selar tudo e não deixar a pele pesada e com os poros aparecendo - já reparou que quando você retoca a maquiagem com o pó, ela a depender da textura do produto, o visual fica meio pesado e até com cara de boneco? É isso que evito ao usar o pó da MAC - e aí, sinto que ganho mais umas quatro horas com a maquiagem no lugar e sem brilho. 


Pra quem não é fã de maquiagem pesada pra vida ou só durante a semana e claro, tem pele oleosa, eis aí um produto que você vai virar fã de carteirinha, pois, além de durar uma vida e vim uma quantidade razoável na embalagem, este powder é ultra fininho e quase não adiciona cor a pele. Logo, se você for atrapalhada e comprar a cor errada, não tem tantos danos assim, né legal?

A parte ruim é o preço. Comprei meu segundo Blotinho há uns dois meses e paguei uns R$125 e acreditem que eu não chorei nem um pouco, pois sei que o investimento foi valioso e não me decepcionará. Viciei neste pó de um jeito que não saiu pra canto nenhum sem levar ele comigo. Esqueço do batom, mas, não esqueço meu blot. 

E atualmente, resolvi incorporar o pó fininho em outra parte da minha rotina de maquiagem e agora, além de utilizá-lo para o retoque, algumas vezes uso ele como "pó principal". Confuso? Eu explico: depois de vê alguma maquiadora querida - acho que foi a própria Fabi Gomes (maquiadora sênior da MAC) que deu a dica - falando que para uma pele leve e mais bonita, acaba sendo interessante deixar para passar o pó facial, apenas quando a pele começa a dar os primeiros sinais de brilho, assim a maquiagem fica bonita e a pele menos artificial. Daí, tenho feito isso. Faço toda minha make sem passar o pó - nem o amado translúcido, eu não tô usando - e só quando o brilho começa a dar o ar da graça que eu aplico o pó, neste caso, o Blot Powder Pressed.  

Super indico pra todo mundo que tem pele oleosa ou que quer investir em algum produto da MAC, a compra do blot. Pra ser honesta, acho que é até mais legal e útil do que as bases. Claro que as bases da marca são boas, porém, exigem um certo tempo de dedicação para comprar o produto ideal para você e sendo sincera de novo, escolher a base certa e a cor, nem sempre é uma tarefa mara e com garantia de sucesso. Já quando você compra o blotinho salvador  a conversa muda de sentido e o rosto ganha um sorrisinho garantido. Viu?



sexta-feira, 19 de maio de 2017

Conversando sobre o BB Cream querido de todos os dias

B.B. Cream 5 em 1 L'oréal 



Sabe-se lá porque, mas, nunca fiz a resenha do BB Cream da L'oréal e vejam vocês que este é um produto que eu gosto e uso diariamente há quase três anos. Não fiz a resenha logo que comprei, porém, sempre é tempo de dar uma dica boa.

Não sei se este é o melhor produto disponível no mercado nacional, entretanto, das marcas populares e com preço relativamente acessível, aliás, entre ele e os dois da Maybelline - marca que amo - eu indico super ele pra quem tem pele oleosa, pois, além de ter um acabamento semi mate que deixa a pele sem brilho,  ele também uniformiza o tom da pele direitinho. O único problema é a pouca variedade de tons e vamos combinar que claro, médio e escuro, não cobre nem a variação de tons da pele brasileira e muito menos os subtons - ou é amarelo ou é rosa.



Mesmo com o porém do tom, gosto do produto e acho que pra quem tem o subtom de pele mais amarelado, este BB Cream é menos traumático de usar e passar pelo efeito "gasparzinho", do que o da Maybelline que tem um fundo mais rosado.

Uma dica pra quem acha ele muito claro pro seu tom de pele e / ou gosta de uma cobertura um pouco maior sem ser uma base, vale a dica de mistura um pouquinho da sua base ao produto, para aumentar a cobertura e dá uma nivelada básica no tom. No meu dia a dia, costumo misturar ao meu produto, tanto a base de cobertura média do tom da minha pele, quanto alguma que esteja mais escura e gosto bastante do acabamento. Não fica pesado demais, nem super fluído.

Segundo a marca, este creme oferece cinco benefícios em um único produto. Ele hidrata a pele, suaviza imperfeições, uniformiza e ilumina, tem ação anti-brilho e ainda protege dos raios UV.


O que eu percebi: ele realmente uniformiza o tom da pele e diria que deixa uma acabamento bonito e com ar de pele saudável e natural, não chega a ser um super efeito, mas, dá pra notar. A ação anti-brilho é relativa. Realmente, logo quando você aplica, a pele não fica reluzente, porém, depois de umas duas ou três horas ela já começa a brilhar em pontos estratégicos - zona T principalmente - e se você não tiver aplicado um primer antes, o brilho pode surgir mais cedo.

Sobre a proteção contra os raios UV, acho difícil analisar. Na verdade, eu não confio muito nos produtos que tem proteção solar e mesmo assim, não dispenso o uso diário do meu protetor solar facial. Mas, acho uma boa o BB Cream da L'oréal ter FPS20, porque complementa o fator de proteção do protetor e pra usar de frente pro computador isto é maravilhoso.

Atualmente o produto está custando perto dos R$40 e eu não acho que este seja um preço muito convidativo. Lembro que na época que comprei minha primeira embalagem, paguei algo em torno de R$30 - há uns três anos quando foi lançado - já este segundo produto, comprei numa promoção na farmácia e acabei pagando uns R$28 por 50 ml de produto. Por vim mais conteúdo do que em uma base, acho que vale a compra, principalmente pra quem é adepta de uma pele natural, só com leves correções. Entretanto, pelo preço também dá pra comprar a base Fit Me da Maybelline, que diga-se de passagem, morro dizendo que ela tem a qualidade e todas as características de um BB Cream, aliás, tudo que o BB Cream da Maybelline e até o da L' oréal não tem de ideal, a base Fit Me tem.




SENTIDO CONTRÁRIO - 2015. Todos os direitos reservados.
Tecnologia do Blogger